Enfermeira cuidando de paciente em casa


Home care é o serviço de saúde que mais cresce no Brasil, aponta estudo


Por Suprevida

 

 

Nenhum serviço de saúde teve um crescimento tão expressivo nos últimos anos quanto o atendimento domiciliar, o chamado home care. Dados da Federação dos Hospitais, Clínicas e Laboratórios do Estado de São Paulo (Fehoesp) davam conta de que em 2011 havia no país 138 clínicas que prestam esse tipo de serviço. Em 2018, eram 392, quase o triplo. O relatório também aponta que no último ano, o setor cresceu 35%, enquanto os demais serviços de saúde, apenas 5%, segundo artigo da Gazeta Digital.

 

O envelhecimento acelerado da população brasileira ainda é o motor impulsionador do setor. Segundo o Sebrae-RS, pesquisas mostram o aumento do número de doenças relacionadas à senilidade, as quais, são decorrência de uma população mais idosa. Isso gera o aumento da necessidade de cuidados médicos diários.

 

Outro fator que vem impulsionando esse crescimento é o fato de que, hoje, boa parte dos planos passaram a cobrir o benefício. “Os convênios tinham, e alguns ainda têm, resistência ao tratamento domiciliar. Mas muitos perceberam que, além de proporcionar um cuidado mais humanizado ao paciente, também sai mais barato do que manter a internação”, disse Yussif Ali Mere Júnior, presidente da Fehoesp ao site Panorama Farmacêutico.

 

Mais: o atendimento domiciliar tem uma relação custo-benefício extremamente vantajosa quando comparado ao atendimento hospitalar. A ocupação do leito, funcionários e outros cuidados podem elevar as despesas de se manter um paciente hospital, afirma artigo no site O Mundo do Marketing. “Toda a estrutura hospitalar – que é caríssima – deve estar inserida no custo de um leito. Logo, levar o paciente para o home care é mais barato para o estado ou para os convênios do que deixá-lo, sem perspectiva de melhora, em hospital; sendo igualmente seguro para o paciente”, ressalta à Gazeta Digital Heleno Strobel Rosa, que atua na Qualycare, estabelecimento que oferece home care há mais de 10 anos em Mato Grosso.

 

 

A volta para casa

 

Para quem está doente ou tem uma condição grave de saúde e para os seus entes queridos, permanecer por longo tempo em um hospital é uma situação difícil em todos os aspectos, especialmente no emocional.
O serviço de home care proporciona a reintegração de quem não consegue mais cuidar de si mesmo sozinho à casa. Muitos estudos já demonstraram que isso costuma trazer grande melhora no quadro de saúde e, em muitos casos, o melhor restabelecimento. Para as operadoras de plano de saúde, o serviço significa redução do custo.
Outro grande benefício é que quem precisa passa a contar com uma assistência individualizada e humanizada, pois os profissionais médicos que farão o acompanhamento do paciente estarão mais próximos da família, ou seja, a interação com o paciente e com quem o cerca é integral.

 


Além disso, reduzem as chances de infecção hospitalar. Infecções contraídas em hospitais são os eventos “colaterais” que mais matam nos serviços de saúde brasileiros.

 

Aproveite e conheça nossa loja de Produtos para Saúde