Mulher grávida com as mãos na barriga.


Problemas cardíacos podem aumentar o risco de rompimento da aorta durante a gravidez

Por Robert Preidt

 

A gravidez pode aumentar o risco de uma doença cardíaca rara e perigosa chamada dissecção aórtica, relatam os pesquisadores.

 

Isso é especialmente verdadeiro para mulheres com problemas cardíacos subjacentes que podem passar despercebidos.

 

Dissecções da aorta - que afetam 3 em 100.000 pessoas por ano - fazem com que as camadas da aorta se rompam e o sangue se acumule ou vaze em vez de fluir normalmente. Os pacientes requerem cuidados que salvam vidas.

 

Os pesquisadores analisaram dados de 29 mulheres que foram hospitalizadas inesperadamente para dissecção aórtica durante a gravidez. A maioria já tinha um problema cardíaco que não havia sido diagnosticado em muitos casos.

 

Doenças e condições da aorta, como a Síndrome de Marfan ou a Síndrome de Loeys-Dietz, são frequentemente encontradas em mulheres que fizeram uma dissecção aórtica durante a gravidez, disseram os pesquisadores. Mas eles acrescentaram que a hipertensão, o fator de risco mais comum na população em geral, também pode ser um fator.

 

Os pesquisadores descobriram que 19% das dissecções aórticas em mulheres com menos de 35 anos estavam associadas à gravidez. Isso significa que uma mulher já predisposta a fazer uma dissecção tem maior probabilidade de fazê-lo durante a gravidez, possivelmente devido aos hormônios e alterações no corpo durante a gravidez e o pós-parto.

 

As mulheres no estudo tiveram dissecções da aorta em todos os três trimestres da gravidez, bem como dentro de três meses após o parto, mas a maioria dos casos ocorreu na última parte da gravidez e imediatamente após.

 

Os cuidados pré-gravidez para uma mulher com doença aórtica conhecida incluiriam avaliação do risco materno e fetal, aconselhamento e possível teste genético, seguido de monitoramento e testes contínuos, co-autora do estudo, Dra. Melinda Davis, especialista em cardio-obstetrícia da Universidade de Michigan Medicine, disse em um comunicado à imprensa da universidade.

 

A dissecção da aorta é mais frequentemente observada em homens mais velhos, mas este estudo mostra a importância do monitoramento cuidadoso das condições cardíacas durante a gravidez, de acordo com Davis e seus colegas.

 

O estudo foi publicado online em 14 de outubro na revista JAMA Cardiology.

 

Artigos relacionados: 

 

Diabetes durante a gravidez pode aumentar os riscos cardíacos para as crianças ao longo da vida

 

Nascimento prematuro aumenta risco de doença cardíaca da mãe a longo prazo

 

Mães recentes precisam ficar atentas à pressão alta

 

Hipertensão na gravidez: como eu sei que eu tenho e o que eu posso fazer?

 

 


Aproveite e conheça nossa loja de Produtos para Saúde

Produtos relacionados:

  • Extrator de Leite Elétrico Simples Swing - Medela

    Por: R$ 1.427,14

    Comprar
  • Curativo Nursicare 6 cm x 6.5 cm - 6 un - Polymem

    Por: R$ 334,29

    Comprar
  • Kit de extração hospitalar Symphony M (24 mm) - 20 unidades - Medela

    Por: R$ 6.000,00

    Comprar
  • Loção Hidratante Pielsana AGE com Aloe Vera Sem Perfume 200ml - DBS

    Por: R$ 27,88

    Comprar
  • SpeediCath Standard Feminino CH 10 - 30 un - Coloplast

    Por: R$ 360,00

    Comprar