Probióticos podem ajudar quem tem úlcera do pé diabético | Suprevida


Pessoa segurando o próprio pé


Probióticos podem ajudar quem tem úlcera do pé diabético


Por Suprevida

 

 

A úlcera do pé diabético não é só um risco para quem tem diabetes 1 ou 2. Ela também reduz enormemente a qualidade de vida dessas pessoas, porque podem quase tornar o caminhar praticamente impossível.

 

O tratamento para esse problema costuma variar, dependendo da gravidade da lesão, mas geralmente inclui o uso de meias terapêuticas, aplicação de solução salina todos os dias e o controle do exsudato, o fluido que drena da ferida.

 

Há diversos tipos de curativos capazes de absorver o excesso de exsudato, ajudando a proteger o ferimento e mantendo um ambiente úmido, essencial para que a cicatrização aconteça.

 

A grande novidade é que os probióticos podem ajudar no tratamento dessas feridas, como apontou um estudo publicado em 2017. Introduzir probióticos na dieta de pessoas com o problema acelerou a cicatrização das lesões. Os pesquisadores deram suplementos com probióticos (há alguns no mercado, em comprimido, cápsulas e sachês) por 12 semanas a pessoas com úlcera diabética.

 

Esses suplementos continham Lactobacillus acidophilus, Lactobacillus casei, Lactobacillus fermentum and Bifidobacterium bifidum, conhecidos da maioria das pessoas por muitos deles estarem em produtos como iogurtes e leite fermentado.

 

Além disso, os diabéticos apresentaram menores taxas de açúcar sanguínea em jejum – um dos indicadores mais importantes do controle do diabetes – e também aumento da sensibilidade do corpo à insulina quando comparados a diabéticos que não tomavam suplementos com probióticos.

 

 

O que são probióticos

 

Probióticos nada mais são do que bactérias do bem. Já se demonstrou que eles são capazes de trazer diversos outros benefícios à saúde, além de ajudar os diabéticos. Veja só:

 

• fortalecer o sistema de defesa do corpo;

 

• reduzir os processos inflamatórios. A úlcera diabética, por exemplo, por ser uma ferida que tornou-se infeccionada, gera uma inflamação como resposta. Os pesquisadores acreditam que esse seja um dos motivos de por que os probióticos podem ser auxiliares no tratamento;

 

• ajudam quem sofre de constipação. Algumas dessas bactérias do bem inclusive ajudam a estimular os movimentos intestinais que fazem as fezes caminharem adiante;

 

• ajudam a restaurar a flora intestinal, outro grupo de micróbios do bem que vive no nosso intestino. Quando tomamos um antibiótico, por exemplo, destruímos muitas dessas bactérias. Os probióticos ajudam a restaurar a flora.

 

 

 Gostou do artigo acima? Então confira esse artigo sobre Diabetes e inatividade física: fatores de risco.

Saiba mais sobre esse assunto

Produtos relacionados:

  • Agulha Hipodérmica de Segurança BD Eclipse 30G X 1/2 (0.3 mm X 13 mm) 100un

    Por: R$ 86,19

    Comprar
  • Cateter Intravenoso com Dispositivo de Segurança BD Insyte Autoguard 20G X 1.16IN 50un

    Por: R$ 237,58

    Comprar
  • Placa Sur Fit Plus Regular Flexível 57 mm 5un

    Por: R$ 159,86

    Comprar
  • Dispositivo Scalp BD Asepto 21G 50un

    Por: R$ 104,98

    Comprar
  • Curativo Adesivo Aquacel Foam 12,5X12,5 cm 10un

    Por: R$ 1.352,52

    Comprar