A imagem de mãos com luvas segurando um pé, aparentemente de um diabético, afetado pela má circulação, com a pele danificada e as veias visíveis.


Má circulação nas pernas e nos pés: causas principais

O que pode causar má circulação nas pernas e pés?


Há muitas motivos pelos quais o sangue não chega como deveria às pernas e aos pés. Acredite, muitos deles têm a ver com o seu estilo de vida. Sedentarismo, obesidade, hipertensão, fumo e até má alimentação podem levar à má circulação do sangue aos membros inferiores.

Muitas vezes, problemas de circulação em membros inferiores podem ser resultado de ficar muito tempo sentado ou mesmo da baixa prática de atividade física. Quando ficamos sentados, por exemplo, mantemos as pernas dobradas, o que faz com que as veias dilatem, dificultando a circulação do sangue. Mas uma das causas mais frequentes e comuns do baixo fluxo de sangue aos membros inferiores é a chamada Doença Arterial Periférica, ou DAP, na sigla em português. O aumento da expectativa de vida vem chamando a atenção dos médicos vasculares. Estudo publicado em 2013 na revista médica The Lancet mostrou ter havido um aumento mais pronunciado do DAP entre pessoas com mais de 80 anos.

Você sabia?

1 a cada 6 pessoas no mundo maiores do que 80 anos tem DAP.

DAP nada mais é do que aterosclerose em artérias que estão distantes do coração. Aterosclerose acontece quando placas de gordura ou de colesterol se depositam na parede dos vasos que irrigam pernas e pés. Com isso, eles acabam por restringir e até mesmo bloquear a passagem de sangue.

Assim como as artérias estreitadas que levam ao coração aumentam as chances de um infarto, artérias estreitadas ou parcialmente bloqueadas nas pernas também aumentam as suas chances de ter um ataque cardíaco ou AVC.

Você sabia?

Se você tem diabetes, você tem mais chance de vir a ter DAP Se você tem pressão ou colesterol altos, você está mais suscetível ao DAP. O seu risco de vir a ter DAP aumenta com a longevidade.

Quando a aterosclerose reduz o fluxo de sangue para as pernas, o primeiro sintoma é a dor. Geralmente ela se manifesta quando você caminha ou se exercita e costuma passar quando você repousa. O termo médico para isso é claudicação intermitente. Os músculos que comumente são afetados são:

    • os da panturillha, popularmente chamada de batata da perna;
    • os da coxa;
    • os das nádegas; 
    • os dos pés, mas são menos comuns.

O grande problema é que o sintoma de dor acontece quando a restrição de sangue aos membros inferiores é mais extrema e, na maioria dos casos, não há sintoma algum.

Diabetes também prejudica circulação de sangue

Um das condições mais comuns relacionadas ao baixo fluxo de sangue para pernas e pés é a diabetes e uma de suas principais consequências é a menor capacidade que o diabético tem de lutar contra infecções ou de cicatrizar feridas. Como a circulação aos membros inferiores também leva menos soldados para combater a infecção (as células do sistema imunológico, ou de defesa, circulam pelo sangue), o diabético fica sem muitos meios naturais de combatê-la.

A diabetes também leva ao enrijecimento dos vasos sanguíneos e à aterosclerose, duas das conhecidas causas da má circulação.

Aproveite e conheça nossa loja de Produtos para Saúde

Produtos relacionados:

  • Bandagem Elástica Co-Plus - 7,5 cm X 4,5 m - Cor da Pele

    Por: R$ 22,04

    Comprar
  • Bandagem Elástica Co-Plus - 5 cm X 4,5 m - Cor da Pele

    Por: R$ 16,70

    Comprar
  • Bandagem Elástica Co-Plus - 5 cm X 4,5 m - Cor da Pele

    Por: R$ 16,70

    Comprar
  • Bandagem Elástica Co-Plus - 7,5 cm X 4,5 m - Cor da Pele

    Por: R$ 22,04

    Comprar
  • Bandagem Elástica Co-Plus - 2,5 cm X 4,5 m - Cor da Pele

    Por: R$ 53,60

    Comprar