Uma senhora idosa feliz, falando ao telefone


Avós que moram longe: a importância do convívio

Avós de Longa Distância

Por Teresa Moore


Uma das grandes alegrias de envelhecer é a chegada de netos e a adoração mútua que tantas vezes brota entre os membros mais jovens e mais velhos de uma família. Os avós que não são os cuidadores principais muitas vezes vêem em seus netos a chance de expressar um amor ilimitado e incondicional sem as restrições e responsabilidades da paternidade. Mas se seus netos moram a centenas ou mesmo milhares de quilômetros de distância, você pode encontrar seu amor misturado com grandes medidas de tristeza, ressentimento e ansiedade.


Mildred Adleman, 84 anos, ainda mora na casa da Filadélfia, onde criou o filho e a filha. Enquanto seus filhos cresciam, sua mãe morava a poucos quilômetros de distância e visitava várias vezes por semana.


"Todo domingo era como uma festa", disse ela. "O maior prazer da minha mãe foi dirigir até aqui e levar meus filhos às compras." Adleman e seus filhos adoravam ter uma avó amorosa por perto e ela esperava assumir um papel semelhante. Mas como muitas crianças, a dela cresceu e se mudou para longe. Antes de ficar doente demais para viajar, Adleman voou para Berkeley, na Califórnia, para ver sua filha e sua neta. Ela fez uma segunda viagem anual para Chicago, onde seu filho e seus dois filhos moram.


"Eu acho que é terrível", diz ela. "Eu nunca pensei que não conseguiria ver meus netos crescerem. Toda vez que eu saio do avião em Chicago, é como se eu fosse um estranho. Eu recebo o beijo obstinado e obrigatório. Eles não sabem o que dizer para mim. Eu faço perguntas e eles me dão respostas de uma sílaba. Eu quero fazer compras para eles, e eu nem sei o tamanho deles. "


Talvez esses sentimentos sejam mais pungentes quando ela vê os meninos com os pais da mãe, que moram perto. O gosto do que poderia ter sido é particularmente amargo.


"Estou com ciúmes dos avós que moram lá", diz ela, lembrando como seus netos correm para abraçar seus outros avós e contar sobre suas aventuras. "Eu sou sempre a avó convidada. Eles não estão acostumados comigo. Não é o mesmo que quando você os vê toda semana."


Como muitos avós, Adleman anseia em saber o que está acontecendo na vida de seus netos, boa ou ruim. Esse desejo intensifica quando um deles está doente e ela não pode estar perto.


"Quando minha neta nasceu, foi tocar e ir, e eu estava fora de mim", diz ela. "Eu realmente queria estar ao lado da minha filha. Você espera a ligação e gostaria que estivesse lá e fosse de alguma ajuda."


Perdendo um senso de comunidade


É claro que nem todos os avós se sentem assim. Muitos vêem seus anos de aposentadoria como uma pausa de décadas para atender às necessidades de seus filhos. "Alguns avós preferem se mudar para o cinturão do sol", diz Lillian Carson, psicóloga de Santa Bárbara, Califórnia, autora de O Essencial dos Avós: um guia para fazer a diferença. "Há avós que se sentem como 'eu estive lá, fiz isso. Eu quero jogar golfe e estar no clima quente'." Quando eles fazem esses movimentos permanentes longe de suas famílias, quase parece que eles estão escolhendo perder a vida de seus netos ”.


Mas, ela acrescenta, avós como Adleman, que não têm uma saída para o amor que enche seus corações, entendem que eles têm algo único para oferecer aos netos.


"Os avós são necessários mais do que nunca, agora que nos tornamos uma sociedade mais fragmentada e móvel", diz Carson. "Estamos perdendo um senso de comunidade. Os avós oferecem apoio e estabilidade. Os pais são infectados pela ansiedade e oprimidos pelos pais que fazem e não fazem. Os avós estão fora da rotina diária, e trazem uma perspectiva diferente".


É por isso que relacionamentos fortes com os avós podem fortalecer toda a família, observa ela. "Nós, avós, ouvimos de maneira diferente. Podemos ser mais pacientes e receptivos do que os pais. E um avô pode deixar as crianças saberem que fazem parte de algo maior do que elas mesmas. Ao dar às crianças uma noção do passado, você pode ajudá-las a ver parte de uma família e uma comunidade ".


Carson, cujos 10 netos estão espalhados pelo país, diz que, além de se mudarem, há alguns passos importantes que os avós distantes podem tomar para melhorar essas relações. "Avós de longa distância levam criatividade e continuidade", diz ela. "Você tem que encontrar maneiras de deixá-los saber que você está pensando sobre eles." Telefone, fax, correio, e-mail, Facebook - não importa, desde que seja uma comunicação regular. E agora que o Skype permite que você fale livremente enquanto olha para seus entes queridos em uma tela de vídeo, você pode ver seus netos em horário nobre.


Quando Carson não pôde viajar para o norte da Califórnia para o primeiro recital de piano da neta, ela expôs e enviou flores. Sua neta ficou tão impressionada ao receber uma entrega de uma florista que levou as flores com ela para jantar depois do recital. "Eles puseram as flores que eu mandei na mesa, então mesmo que eu não pudesse estar lá, vovó Lily tinha uma presença lá."


Um de seu amigo de Santa Barbara tem uma data regular de leitura por telefone aos sábados com os netos que moram no Oregon. Esta avó compra duas cópias de cada livro de histórias e envia uma para as crianças para que elas possam acompanhar.


Se seus netos nunca viram onde você mora, tire fotos de sua casa, seus amigos, sua rua, seus animais de estimação, para que eles possam começar a ter uma noção de sua vida. "Diga a eles o que você faz", diz Carson. "Conte-lhes suas histórias e você se torna real para elas."


Isso poderia incluir fazer um álbum de fotos para seus netos. Para crianças pequenas, alguns avós transformaram seus álbuns em lições no ABC: Uma foto de membros da família colhendo abacaxi pode ser colocada, por exemplo, na página "A" de "Abacaxi". E uma vez que muitas famílias são tão frequentes em movimento que são difíceis de alcançar, os avós podem conversar com seus filhos em um horário especial todo fim de semana quando seus netos estarão em casa, antecipando um telefone ou uma chamada pelo Skype. Há também mais oportunidades do que nunca para viagens de férias especialmente projetadas para os avós e seus netos.


E Carson, que acredita que todas as crianças se beneficiam da forte presença de idosos, incentiva os avós distantes a conhecer jovens locais que tenham a mesma idade que seus netos. "Isso ajuda você a se conectar para ver como são as crianças de suas idades."


A própria Carson é voluntária como leitora de sala de aula em uma escola primária local. "Eu adoro entrar na sala de aula", diz ela. "Há muito a ser ganho por encontrar algumas crianças para ficar. Dê um passeio. Faça biscoitos. Como anciãos, precisamos abraçar todas as crianças."



Referências

Whitley DM, Kelley SJ, Sipe TA. Grandmothers raising grandchildren: are they at increased risk of health problems? Health Soc Work. 2001 May;26(2):105-14.

Fuller-Thomson E, Minkler M. American grandparents providing extensive child care to their grandchildren: prevalence and profile. Gerontologist. 2001 Apr;41(2):201-9.

Smith CJ, Beltran A. Grandparents raising grandchildren: challenges faced by these growing numbers of families and effective policy solutions. J Aging Soc Policy. 2000;12(1):7-17.

Strom RD, Strom SK. Meeting the challenge of raising grandchildren. Int J Aging Hum Dev. 2000;51(3):183-98.

Davidhizar R, Bechtel GA, Woodring BC. The changing role of grandparenthood. J Gerontol Nurs. 2000 Jan;26(1):24-9.

Minkler M, Fuller-Thomson E. The health of grandparents raising grandchildren: results of a national study. Am J Public Health. 1999 Sep;89(9):1384-9.

Stanton AM. Grandparents' visitation rights and custody. Child Adolesc Psychiatr Clin N Am. 1998 Apr;7(2):409-22.

Aproveite e conheça nossa loja de Produtos para Saúde

Produtos relacionados:

  • Pasta Protetora Convatec Stomahesive 56,7g

    Por: R$ 75,48

    Comprar
  • Curativo Allevyn Life 12,9x12,9cm - 10un - Smith and Nephew

    Por: R$ 899,29

    Comprar
  • Biatain Alginato Ag Fita 44 x 3 cm - 6 un - Coloplast

    Por: R$ 575,16

    Comprar
  • Meias Cardinal Antiembólicas T.E.D - Até o Joelho - Grande - Longa

    Por: R$ 71,75

    Comprar
  • Placa Surfit Plus Plana Moldável Grande 57mm/33-45mm 10un

    Por: R$ 361,43

    Comprar